O que é a Keller Williams?

"Por incrível que pareça eu nunca tive processos em que a minha única função fosse encontrar um comprador…"

Categoria:

Data do Post:

Eu posso começar por dizer o que a Keller Williams não é.

A KW não é APENAS uma imobiliária. A KW não é  APENAS uma empresa onde se vendem casas. A KW não é uma empresa onde tu vens para fazer um negócio por mês e onde te sentes bem com isso. A KW não é o sítio certo se estás à procura de um para-time para ajudar a pagar as despesas. A KW não é um extra.

A KW MUDA VIDAS.

A KW é uma escola que forma empresários, não forma consultores. A KW é uma Universidade em que estamos CONSTANTEMENTE a crescer. Tu não consegues estagnar, simplesmente não é possível. O mundo imobiliário é TÃO MAIS COMPLEXO do que simplesmente se limitar a encontrar pessoas que queiram comprar e vender casa. MAS TÃO MAIS.

Eu vejo a KW como um curso universitário da vida, nunca acaba, é absolutamente fascinante!

Na KW nós não aprendemos APENAS a vender casas, eu atrevo-me a dizer que de tudo o que aprendemos, isso é o menos importante, até porque nós não vendemos casas, o verdadeiro valor do consultor imobiliário é perceber qual a dificuldade de um determinado cliente e descobrir onde é que pode acrescentar valor.

Um CONSULTOR imobiliário presta um serviço de consultoria, não é um VENDEDOR de casas. Eu agora entendo porque é que grande parte dos proprietários de casas optam por vender as suas casas sozinhos ou porque refutam o valor das nossas comissões. E faz todo o sentido! Pagar 5% ou 6% para APENAS encontrar um comprador para as suas casas pode ser REALMENTE muito dinheiro! Por isso é que quando me perguntam qual é a minha comissão a minha resposta é: depende. Vai sempre depender do valor que eu vou conseguir acrescentar àquele processo, de que forma é que eu vou conseguir ajudar aquele cliente. E se depois de analisar eu perceber que não vou conseguir ajudar aquele cliente, por alguma razão, também sou a primeira pessoa a dar um passo atrás.

Por incrível que pareça eu nunca tive processos em que a minha única função fosse encontrar um comprador… já tive processos em que o proprietário precisava de ajuda a atualizar a documentação do imóvel, a perceber qual o valor justo para a casa, a perceber qual a sua concorrência direta, que desafios íamos encontrar pelo caminho E encontrar o comprador certo para a sua casa; já tive processos em que o cliente precisava de ajuda a legalizar a casa + legalizar a documentação + encontrar um comprador para a mesma; já tive processos em que a casa pertencia a vários herdeiros, então temos que contactar, organizar e perceber as motivações e o que é importante  para cada uma das suas famílias; já tive processos em que a venda da casa era uma assunto muito delicado e tinha de ser tratado de forma muito discreta e subtil; já tive processos em que a venda de casa era fruto de uma separação em que os proprietários me pediram ajuda inclusive em como lidar com esse processo da melhor forma; já tive processos em que se os proprietários não vendessem a casa em determinado espaço de tempo a filha não poderia ir para a Universidade, já tive processos em que a casa não fosse vendida de determinada forma, aquela família ficaria sem teto, já tive processos em que tive de traduzir tudo, incluindo um processo de financiamento, na íntegra, etc.

Como podem ver, para estarmos aptos a lidar com todo este tipo de situações temos de aprender a lidar com MUITO, MAS MUITO MAIS do que apenas técnicas de vendas e de fecho. Há uma frase que eu uso muito que é: num processo de venda de uma casa, a CASA consegue ser o MENOS importante.

Desta forma, voltando à comissão, defendo e acredito que a comissão deverá SIM, ser ajustada de acordo com cada processo e que NÃO deverá ser ONE SIZE FITS ALL.

Cada caso é analisado cuidadosamente em que percebo muito bem que valor posso acrescentar àquele cliente e é a partir daí que a comissão é calculada, por isso, é sempre variável consoante cada caso.

Voltando à KW, posso dizer que será uma empresa na qual não me consigo imaginar a sair NUNCA, até porque não há uma única razão pela qual isso poderia acontecer. Vejamos quais as razões pelas quais a maioria das pessoas decidem abandonar os seus empregos:

  • falta de confiança nos seus empregadores: começando com este tema posso dizer que não consigo sequer imaginar outra pessoa neste mundo (no meu mundo pelo menos) com perfil mais adequado para essa função do que o nosso Operating Principle, uma pessoa correta, justa, determinada, de uma humildade e coração enorme e um líder nato. Um exemplo e uma inspiração para qualquer um e nós, como profissional e como ser humano.
  • Falta de autonomia: sendo auto-empregado tens toda a autonomia do mundo, a dificuldade será talvez a gestão dessa autonomia e usá-la a teu favor;
  • Não ser apreciado ou valorizado: atrevo-me a dizer que todos os consultores que estão a 100% comprometidos com o seu propósito vêm o seu trabalho reconhecido constantemente e se sentem valorizados, não só pelos seus pares como por todo o staff e clientes, e consequentemente pelas suas famílias, o que é muitíssimo importante.
  • Pouca ou nenhuma margem para crescimento: okay, não sei bem o que dizer sobre este ponto… acho que se tivesse de escolher apenas um Selling Point para a KW, seria SEM SOMBRA de dúvida este. De consultor individual a gestor do seu próprio negócio, de criar a sua própria equipa até poder expandir para outras cidades/países/continentes a criação de outras empresas relacionadas com o setor, as oportunidades de crescimento são simplesmente infinitas e sem limites, o céu é inquestionavelmente o limite.

Para mim a KW é algo grandioso e maravilhoso, a KW permitiu-me voltar a sonhar, voltar a acreditar que era possível ter tudo num sítio só, a KW faz com que sonhe acordada e faz com que perca o sono muitas vezes também.

A KW é um processo de desenvolvimento pessoal constante e muito intenso. Em apenas 2 anos, e de dia para dia vejo em mim e em muitos colegas um crescimento pessoal e profissional tão grande que é notável aos olhos de todos e é motivo de IMENSO ORGULHO e que sei que não obteria em mais empresa nenguma.

Estar rodeada de pessoas que me inspiram a ser melhor todos os dias e sentir que sou também eu inspiração para muitos, é o motivo pelo qual a KW é, para mim, sem dúvida o ÚNICO sítio onde faz sentido estar.

Muita gratidão ao Universo por me ter guiado até aqui.